Blog Joceilton Gomes: Alunos da rede pública de São Luís entram despreparados no ensino médio, aponta Ideb
segunda-feira, 12 de setembro de 2016

A qualidade nos anos finais do ensino fundamental em São Luís na rede pública deixa a desejar. Isto é o que aponta o resultado do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) para esta fase do ensino. De acordo com o resultado divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) no último dia 8, o ensino público municipal de São Luís não alcançou ou superou a meta programa pelo MEC para a própria capital, de 4,1.


O Ideb é um indicador que relaciona as notas tiradas pelos estudantes nas avaliações de português e matemática na Prova Brasil com a taxa de aprovação. Em miúdos, isso significa que grande parte dos alunos da rede pública de ensino da capital do Maranhão chega ao ensino médio sem saber conteúdos que já deviam ter sido superados nas etapas anteriores.


Leia também:
Ensino fundamental de São Luís está entre os piores do país, aponta Ideb


Na prova de Matemática da Prova Brasil para o 9º ano, por exemplo, a nota média nacional foi de 257,73 e, nas escolas públicas de São Luís, de 239,15. Um aluno com esse resultado na avaliação, de acordo com o site “Devolutivas Pedagógicas” do Inep, ainda não é capaz de associar dados apresentados em uma tabela simples a um gráfico de linhas ou determinar a quantidade de cubos que estão dispostos em forma de bloco retangular.


Já no exame de Língua Portuguesa da Prova Brasil, a média nacional foi de 253,50 e de 235,21 nas escolas públicas ludovicenses. De acordo com o site “Devolutivas Pedagógicas” do Inep, esse resultado significa dizer que a maioria dos estudantes do 9º ano da rede pública de ensino de São Luís ainda não consegue reconhecer um argumento em um artigo de opinião em jornais ou explicar a causa de efeito de humor em um poema, por exemplo.


Apesar do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), que é candidato a reeleição, garantir nas redes sociais de campanha que sua administração trouxe melhoras para a qualidade da educação pública, entre as causas para esse resultado vergonhoso da capital no Inep está a falta de recursos materiais e humanos das escolas que passam a ter mais dificuldade para acompanhar o aluno.

0 comentários:

Postar um comentário

União FM

Facebook

Horóscopo

Cotação do Dolar

Boletim de Noticias

Brasileirão (A)

Carregando...
Brasileirão

Publicidade

Publicidade

Postagens mais visitadas