O juízo da 4ª Vara da Fazenda Pública, proferiu sentença nos autos do processo 2614/2013 que o candidato Wellington do Curso (PP) figurava como parte.

 Ao fazer a a análise do processo o juiz proferiu a decisão afirmando o Welligton não é parte no processo e ainda cabe ressalta ainda que o autor mesmo sabendo que o réu sempre alegou mas o estado evitou apontar pessoa diversa responsável do esbulho denunciado.


 Então após análise detalhada o juízo acolheu a preliminar suscitada e extingui o processo. A verdade tarda, mas não falha.4