Por determinação do governador, Flávio Dino vários comités de apoio ao deputado Eduardo Braide(PMN) estão sendo fechados pela Policia Militar do Estado do Maranhão, acompanhado de uma equipe do candidato Edivaldo Holanda Junior (PDT). Na manhã deste domingo, foi fechado um dos núcleos de apoio ao candidato do PMN, que fica localizado na Vila Dom Luís, sobre a alegação de compra de votos, fato que não foi constatado, onde nada  não  encontraram nada .

A polícia e o grupo de Edivaldo, encontraram apenas matérias que não estavam mais sendo utilizados. Uma mulher que não quis se nitrificar, foi a autora da falsa denúncia
O advogado holandista ainda tentou intimidar a equipe deste blog, dizendo que pertencia a OAB, por isso não poderia responder nada.

A equipe apurou que as ordens para o fechamento dos comités estariam partindo do Palácio dos Leões, como uma forma de evitar a mobilização do grupo de apoio ao candidato Eduardo Braide
Segundo o líder comunitário Sebastião Santos. O ato do governador Fávio Dino so demostrado a revolta do povo, e o coronelismo praticado por ele, que invadiu até mesmo as igrejas evangélicas. "Estamos sendo vitimas  de perseguição meu povo, por esta  e esta ditadura e querem nos tirar o direito de escolher, mas não vamos nos calar, essa  é a vontade do povo"
A tática do governador é impedir que os eleitores votem em Eduardo Braide