Blog Joceilton Gomes: “Atenção MTE” SINDSAÚDE querem seu direito mais não e reconhecido profissionalmente
sábado, 19 de novembro de 2016
O Blog Joceilton Gomes vem recebendo várias denúncias do SINDSAÚDE por não ter reconhecimento dos seus direitos atendidos, vários enfermeiros vêm reclamando que seus direitos não foram atendidos pela categoria, uma integrante explicou-se ao editor do blog que não tinha recebido sua rescisão de trabalho das unidas de saúde, até o momento para alguns enfermeiros só foi liberado o FGTS, mais não foram dadas baixas em suas carteiras de trabalho o que fazer pra resolver a nossa situação relatou uma enfermeira.

Vários seletistas foram chamados mais ao invés de chamar os aprovados do seletivo, da EMSERH  e de  uma empresa do pai da Deputada Andrei Murad oi senhor Ricardo Murad insistem continuar com as terceirizadas isso é só no Maranhão que acontece isso.

Mais um dos prejudicados falando, um ano sem carteira assinada sem saber dos depósitos FGTS queríamos saber do sindicato sobre estes assuntos como estão as rescisões se tem prazo para recebermos e os 40 % do FGTS que ainda não foram resolvidos até o momento de hoje e continuam enrolando e o tempo passa e nós vamos sendo prejudicados com isso.

Como de praxe a madrinha de tal façanha a senhora deputada Andreia Murad em sua fome de votos de cabestro tenta ludibriar o povo com uma oferta totalmente enganadora e irreal.

A própria Deputada Andrea Murad confirmou com sua própria fala que os empregos pertencem aos da CN que os pessoais do seletivo não têm qualificação profissional para trabalhar na saúde segundo ela que está preparado, agora que não quer calar a boca o que a Deputada Andreia Murad vem sendo falsa “É uma pessoal que na sua presença te trata com respeito e na sua ausência inventa mentiras sobre sua pessoa, e fala o que pensa realmente de você, e depois nega tudo. ” e os seletistas que não tem qualificação profissional para exercer o cargo que foi atendido .

Sendo que aqueles que se dedicaram ao certame e demonstraram os conhecimentos exigidos estão sendo preteridos, ” Característica daquele ou daquilo que foi desprezado, esquecido, deixado de lado” possivelmente, em detrimento ”Prejuízo, dano, perda ou menoscabo “ de pessoas alheias ao seletivo pois possuíram a mesma oportunidade de concorrer e preitear a uma vaga, e que foram colocadas por apadrinhamentos políticos.

Realizada no dia 17/11 que reuniu ex-funcionários do ICN muito interessados, eu diria, na regularização de seus vínculos com o governo do estado.

Até mesmo o advogado do SINDSAÚDE, ao representá-los na audiência, deixou clara a impossibilidade jurídica de serem absorvidos pela EMSERH via admissão. Cogitaram inclusive a possibilidade de criação de uma nova terceirizada a fim contratá-los temporariamente até a realização de um Concurso Público, porém ressalto que o Decreto nº 31.052/2015 assina do por nosso governador ao determinar que a contratação de pessoas físicas para OS e OSCIP’s deve recair obrigatoriamente em pessoas constantes do cadastro de reserva da EMSERH impossibilita essa manobra.

      Nós, os aprovados no seletivo, não queremos obter um favor, mas sim apenas que nosso direito pelas vagas conquistadas com mérito também seja respeitado. Alerto ainda que os ex-funcionários do ICN procuram mecanismos e normas para poderem permanecer nas unidades de saúde e como não há forma legal para resolver a questão insistem que a mesma seja resolvida politicamente, em detrimento de normas legais. Mais uma vez pergunto: E quanto ao decreto acima que regulariza a nossa contratação? A lei será colocada debaixo do tapete? Ficaremos calados e deixaremos ficar assim mesmo? Entre as figuras que compareceram à audiência destaco a participação discrepante da Dep. Andréa Murad que defende com unhas e dentes a permanência deles. A mesma chegou a desqualificar os celetivados dizendo que não temos treinamento para assumir essas vagas. Ela declarou exatamente com essas palavras:

  “Isso é uma irresponsabilidade tremenda. Simplesmente tirar pessoas
treinadas, qualificadas, pra colocar pessoas que ele acha só porque fez o seletivo não quer dizer que está apto a simplesmente entrar ali naquela unidade.” Pergunto: Andréa Murad, se ao invés do seletivo tivesse sido feito um Concurso Público e os ex-funcionários da ICN estivessem nessa mesma situação, o seu discurso permaneceria o mesmo?
   Digo à nobre deputada que experiência adquire-se com prática. Se querem
pessoas treinadas isso é algo tão simples de se resolver. Ofertem treinamento e pronto, a questão fica resolvida.

O QUE NÃO ACEITAMOS É OUVIR DA SUA BOCA QUE SOMOS
DESQUALIFICADOS PARA ASSUMIR NOSSAS VAGAS.,
A indignação dos seletivados se fez presente no face da deputada











0 comentários:

Postar um comentário

União FM

Facebook

Horóscopo

Cotação do Dolar

Boletim de Noticias

Brasileirão (A)

Carregando...
Brasileirão

Publicidade

Publicidade

Postagens mais visitadas