quarta-feira, 7 de dezembro de 2016
O Supremo Tribunal Federal (STF) decide nesta quarta-feira se o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), será afastado do cargo. O plenário do Supremo julga a decisão liminar do ministro Marco Aurélio Mello que, atendendo a uma ação cautelar da Rede Sustentabilidade, afastou Renan da presidência da Casa na segunda-feira.

Baseada no veto a réus na linha sucessória da presidência da República, a decisão de Marco Aurélio não foi cumprida pelo Senado, cuja Mesa Diretora desafiou o Supremo e manteve o peemedebista no posto.

Renan Calheiros se tornou réu no STF por peculato na semana passada. Ele é acusado de ter usado um lobista da empreiteira Mendes Júnior para pagar pensão a uma filha que teve fora do casamento.

Caso os ministros da Corte mantenham a decisão de Marco Aurélio Mello e Renan seja afastado da presidência do Senado, o senador Jorge Viana (PT-AC), vice-presidente da Casa, assume.


Nova União FM

Salmo do Dia

Facebook

Moeda

Bolsa de Valores

Publicidade:

Elo Internet