Piada Nº 1



Piada nº2

Bom, os prints acima são dois momentos, digamos, de cara de pau do ex-prefeito Gil Cutrim (PDT).

E não só cara de pau como oportunismo na medida que Gil tenta “surfar”, desgraçadamente, no lamentável acidente ocorrido com um ônibus escolar da Prefeitura de São José de Ribamar que capotou, no final da tarde de segunda-feira, 22, com aproximadamente 45 crianças, nas proximidades de Bom Jardim, na Zona Rural do município.

Ainda que seja um fato lamentável, esse acidente ocorreu com um veículo, ao que parece, adequado para o transporte dos estudantes, no que se pode concluir ter sido uma lamentável fatalidade – o que não exime o prefeito Luis Fernando (PSDB) da responsabilidade e obrigação de apurar com rigor as causas do acidente.

O que chama a atenção, voltando ao ex-prefeito Gil Cutrim, é que na gestão do pedetista alunos eram transportados como mercadoria em caminhões baú como denunciou à época o jornalista Diego Emir (veja aqui). Ou, pasmem!, em carroças a um custo de R$1,00 por mês para os pais de alunos (veja aqui).


Alunos transportados em caminhão baú na era Gil Cutrim.


Quando não em caminhão baú, os alunos eram transportados em carroça.

Ora, qual a moral que Gil Cutrim tem para publicar notas e mais notas “repudiando” o acidente ocorrido no povoado de Bom Jardim e se solidarizando com os alunos e suas famílias? Nenhuma!

Todos sabem o trabalho que esta sendo empreendido pelo prefeito Luis Fernando nesses primeiros cem dias de governo para restabelecer a normalidade administrativa em São José de Ribamar e, assim, implementar uma nova agenda de gestão para a cidade e povo ribamarense.

Resumindo: não será fácil o processo de “descupinização” do município de São José de Ribamar, por mais que prefeito Luis Fernando esteja determinado a isso.