quarta-feira, 28 de junho de 2017
O empresário Fernando DACASA super loja da construção tem promoção essa semana.
Em dois endereços: Estrada do Araçagy próximo a bar do 400 e Avenida Cafeteira, próximo ao Fórum na Vila Bom Viver em Raposa - MA.
Contato:  98 93016-9165(Vivo), 98907-7664 WhatsApp
Após três sessões, o Supremo Tribunal Federal (STF) não conseguiu finalizar hoje (28) o julgamento sobre a validade das delações da JBS e a manutenção do ministro Edson Fachin como relator dos processos. Até o momento, o placar da votação está 9 a 1, a maioria dos ministros votou pela permanência de Edson Fachin como relator dos casos na Corte e pela competência dele para homologar as delações. O julgamento será retomada amanhã, a partir das 14h.

Apesar da maioria formada, os debates seguiram intensos e a sessão desta quarta-feira se prolongou. Além do relator, Edson Fachin, votaram pela validação da homologação das delações da JBS e pela manutenção do relator os ministros Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Luiz Fux, Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio, Celso de Mello. Falta o voto da presidente do STF, Cármen Lúcia.

Apesar dos votos proferidos, o placar do julgamento pode mudar porque os ministros podem revisar suas manifestações.

Divergência

Gilmar Mendes votou a favor da manutenção da Fachin na relatoria dos processos da JBS, mas entendeu que a Justiça pode rever acordos de delação premiada assinados pelo Ministério Público que sejam considerados ilegais.

Em seu voto, Mendes disse que há delações firmadas nas quais o delator é incentivado a entregar provas, entre outros atos ilegais. Dessa forma, segundo o ministro, o Judiciário não pode deixar de avaliar a legalidade dos acordos. Citando a Operação Lava Jato, Gilmar disse que o “combate ao crime não pode ser feito cometendo crimes”.

Julgamento

O Supremo julgou os limites da atuação dos juízes, que são responsáveis pela homologação das delações premiadas. O julgamento foi motivado por uma questão de ordem apresentada pelo ministro Edson Fachin, relator dos processos que tiveram origem nas delações da JBS.

Os questionamentos sobre a legalidade dos acordos com a JBS foram levantados pela defesa do governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, um dos citados nos depoimentos dos executivos da empresa.

As delações premiadas assinadas com investigados na Operação Lava Jato e nas apurações envolvendo a JBS estão baseadas na Lei 12.850/2013, conhecida como Lei das Organizações Criminosas. De acordo com o Artigo 4º da norma, o acordo deve ser remetido ao juiz para homologação. Cabe ao magistrado verificar a regularidade, legalidade e voluntariedade da delação.
terça-feira, 27 de junho de 2017
Atenção Ministério Publico, A Prefeitura de Raposa faz  Reformas dos colégios, mais ate o momento não existe placas informado valores e datas de inicio e termino das reformas e nem o nome da construtora ou do responsável das obras das escolas em Raposa.

Quero perguntar para os “megas” administradores e assessores da prefeita Talita Laci, onde está a placa escrito preço e o prazo da reforma!? Porque “ao passar hoje, não vi a placa”, em Raposa tá assim tudo de cabeça para baixo.

A lei Federal que disciplina que as placas de informações devem conter os gastos com o dinheiro público não está sendo respeitada no município de Raposa e a falta da existência de placa de sinalização da obra que deveria está amplamente visível de forma facil e estendendo-se a dilação ao término da obra, também constando o valor do contrato, execução e as alterações que houver durante o mesmo período.

Até o pedido do vereador Wagner Fernandes que solicitou a prefeitura não foi atendido, isso demostra a falta de total responsabilidade com a população. 

Conforme imagem é percebível que as obras nas escolas já estão em fase final








O blog recebeu informações que teria tido notificado por dois membros da policia civil e uma suporta prisão decorrente em tramite na justiça do Ex- presidente da Câmara Municipal de Paço do Lumiar Jose Francisco gomes neto.

O blog trata mais informações em breve o acontecimento foi as 11 da manha de 27/06

segunda-feira, 26 de junho de 2017
O servidor Ezequiel da Silva Vilar, recebeu a nomeação do Governo do Estado do Maranhão, o Cargo de Diretor de Educação da regional de Zé Doca, segundo  município de Zé Doca e a terceira do município de Newton Bello. 

Denúncia de um morador do município de Governador Newton Bello Onde o mesmo relata que o senhor Ezequiel é Diretor de Educação nomeado pelo governo do estado do MA.

na regional de educação de Zé doca “40h” um concurso para educação fundamental no município de Newton Bello de “20h” em estágio probatório e acima de tudo recebendo seus proventos sem trabalhar.

Normalmente protegido pelo Prefeito Roberto do Posto que tem que contratar um outro professor para colocar no lugar dele cadê o ministério público isto é desperdício de recurso público  e a sua terceira nomeação é no município de Zé Doca Para o ensino fundamental carga horária de 40h  em estágio probatório , liberado e recebendo sem Trabalhar . As três portarias soma se 40+40+20=100h ,  isso é um crime contra o dinheiro público e o contribuinte Maranhense . 

Mas para o Governo do Estado isto é Legal Governador Flávio Dino mantém assessores na SEDUC de forma irregular.

Essas 6 publicações,  três de cada um deles comprovam as irregularidades,  como um servidor poderá trabalhar 100 horas por semana.

A Servidora Cleuma Paiva Silva tem uma nomeação  do governo do estado como auxiliar pedagógica da regional de educação de Zé Doca carga horária de 40h uma matrícula de 20h no município de Bom Jardim em estágio probatório que é crime não  pode ser cedida muito menos liberada mais uma de 40h  no município de Zé Doca em estágio probatório crime recorrente liberada das duas matrículas dos municípios supra citado recebendo sem trabalhar e a soma das três igual a 100h  a lei não permite pois os dois são acumulo de cargo.

Publicação 09 de Março de 2015

Publicação 06 de Março de 2015

Publicação 15 de Setembro de 2015

Publicação 27 de Fevereiro de 2015

Publicação 19 de Agosto de  2015

Publicação 14 de Março de 2016





O Titular do blog vem recebendo varias denúncia de ruas intrafegáveis e avenidas cheia de buracos como a avenida são Sebastião, que há 18 anos que não recebe camada asfáltica. Tomamos conhecimento que a Prefeitura de raposa já arrecadou nos primeiros seis meses, mais de R$ 19.129.846,49 milhões de um município com pouco mais de 30.304 mil habitantes.

O dinheiro, porém, ninguém sabe onde foi aplicado. As ruas continuam esburacadas e não receberam nenhum tipo de melhoria, nem asfáltica e nem paliativa.

A Prefeitura Municipal de Raposa está passando por essa situação por não ter uma assessoria de impressa, o blogueiro domingos costa que deveria fazer seu papel de secretário de comunicação que ele tanto se intitula, não o faz, mas não existe secretaria de comunicação no município e sim uma coordenação, o que mais espanta e o cinismo e as mentiras que vem se espalhando na cidade, o que já de conhecimento de toda população, este cidadão foi nomeado para o cargo de ouvidor do Município, não e de se estranhar vindo de uma pessoa arrogante e prepotente que gosta de aparecer sempre se dizendo algum que na realidade não e não e atoa que ele responde a mais de 26 por calunia e difamação .

O que um ouvidor” Ouvidoria-Geral da Município, ligada a Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU), é responsável por receber, examinar e encaminhar denúncias, reclamações, elogios, sugestões e pedidos de informação referentes a procedimentos e ações de agentes, órgãos e entidades do Poder Executivo Municipal.”  mais não esta fazendo o seu verdadeiro papel de divulgar as ações do município que se encontra hoje

sexta-feira, 23 de junho de 2017
O vice-prefeito, Eudes Sampaio, representou o prefeito Luis Fernando durante audiência pública realizada nesta quarta-feira (21), na sede da Associação dos Servidores da Assembleia Legislativa, localizada em Paço do Lumiar. Durante o evento, a Comissão de Assuntos Municipais e de Desenvolvimento Regional da Assembleia Legislativa, propôs a discussão a cerca da atualização cartográfica das divisas entre os municípios da região metropolitana da ilha de São Luís.

Para o vice-prefeito, Eudes Sampaio a audiência inaugura mais uma fase das discussões sobre as mudanças nas divisas territoriais e que deverá acarretar em benefícios para as populações dos respectivos municípios envolvidos.

“De extrema importância à realização da audiência, além de lideranças comunitárias também serão ouvidos moradores da região o que resultará no entendimento entre todos os envolvidos e assim buscar a construção do consenso por meio da participação popular”, disse.

Audiência Pública

Um projeto de lei sobre o tema já está tramitando na Assembleia e vai ao Plenário, para voto. A audiência contou ainda com a presença de representantes do Instituto Maranhense de Estados Socioeconômicos e Cartográficos, IMESC e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, IBGE.
Uma estudante da Escola Francisco Mano do Povoado da Nova Conquista em Zé Doca, está sofrendo ameaças e sofreu processos disciplinar, por causa da foto que bateu que mostrava os alunos no chão por falta de carteira escolar.

A estudante se sentir constrangida durante uma aula, essa semana e a diretor aplicou um processo disciplinar contra a aluna que denunciou a falta de carteira escolar no município de Zé Doca.

 Segundo relato da aluna, que prefere preservar a identidade, a docente ficou incomodada com a presença da diretoria, na sala.

Quando eu cheguei à sala a professora me olhou, assim, desconfiada. E antes de me dar oi, ou qualquer coisa, ela já começou a me questionar sobre a minha denuncia contra o Colégio.  

Ouça as Gravação da Aluna na Hora dos Interrogatórios pelos Diretores da escola 






Essa e boa, O ouvidor Geral do Município Domingos Costa que se intitula Secretario de Comunicação da Prefeitura de Raposa, falava tanto da empresa Rolim e Rolim, agora a prefeitura municipal de Raposa pagará R$ 1 milhão em combustíveis.

Agora o blogueiro domingos costa que fala tanto dos municípios de Paço do Lumiar e São José de Ribamar e não fala da Raposa por causa que ele diz que e secretario de comunicação, e agora não fala mais da empresa que tanto reclamava, e agora a prefeitura Municipal de Raposa fechou Oito Contratos com a empresa Rolim e Rolim, ai o blogueiro teve que excluir todas as matérias contra a empresa Rolim e Rolim .

1.050.083,74 milhão. Esse é valor exato que será pago pela Prefeitura de Raposa, que é comanda por Talita Laci, empresa Rolim e Rolim Ltda-ME para garantir o fornecimento de combustíveis para várias Secretarias municipais.

A empresa responsável pelo fornecimento do produto ganhou sozinho Oito contratos com valores diferentes, que somados chegam ao montante referido acima. e ficará prestando serviço a Prefeitura só até dezembro de 2017, caso os contratos não sejam aditados.

Quem te viu que ti vê em domingos fora as loucuras que vem fazendo pela baixada, arrumando brigas nos interiores onde passa e ainda recebeu um soco na cara para parar de maldisser dos outros. 
A informação foi colhida no Diário Oficial da Raposa, do dia 14 de fevereiro. Veja abaixo os detalhes dos valores dos acordos contratuais:



quinta-feira, 22 de junho de 2017
Por falta de infraestrutura escolas do município de Zé Doca estão em estado de abandono. A Prefeita Josinha Cunha alegou que as escolas estão todas reformadas e alunos estão acomodados nas salas de aulas.

Mais nas imagens mostra a total realidade que as escolas apenas receberam pinturas de má qualidade, que os cupins já esta danificando o teto das escolas como mostra as imagens abaixo comprovando a verdadeira obra feita pela prefeita Josinha Cunha.

A assessoria da prefeitura de Zé doca, nos comunicou que os colégios foram reformados, e já está com mais de Trinta dias que foram feitas as reformadas assim nos informou a assessoria da prefeitura de Josinha Cunha.

Cadê os quase Trinta e Três milhões de reais que a prefeitura de Zé Doca já recebeu, mais o que mostra nas imagens que as escolas apenas receberam pinturas de baixa qualidade. E tentaram enganar a população com o nível de trabalho prestado pela Prefeita Josinha Cunha. 

Mostramos também que as limpezas dos colégios não estão sendo feito regulamento, e a instalação de ar-condicionado de forma precária nos corredores das escolas, mostramos também o desperdício de energia por parte da gestão que não esta nem ai a conta que paga a população e a prefeita não esta né ai. 











Terá início neste sábado (24), uma das mais animadas festas juninas do litoral maranhense: o São João de Amapá do Maranhão. A programação segue até o dia 2° de julho, com o tema “ Arraiá Tradição Junina”. 

A programação de shows acontece nos dias 24, 29 e 02 de Julho, a partir das 21h, começando no dia 24, o Dia de São João quando acontece a abertura oficial do São João de Amapá do Maranhão,neste dia, a atração é a Banda Quero Mais . Na quinta feira (29), se apresenta a Banda Braga Show . Para o encerramento que acontece no dia 2 de Julho, está confirmado o show com Romim Mata.

O são João de Amapá do Maranhão têm apoio total do Deputado Fábio Braga.
Veja a Programação para este sábado no "Arraía Tradição Junina”:

Dia 24 Dia de São João e abertura oficial  do "Arraía Tradição Junina”

Quadrilhas de Amapá encanto  juvenil 
Quadrilha de Amapá mara e maroca  humorística 
Boi  Raio de Luar luis Domingues

Dia 25 ( Domingo )

Quadrilha Raízes Culturais  de luis Domingues
Grupo folclórico sensação Gurupi São Lourenço Carutapera 
Dança indígena astro de luar Godofredo Viana
Bumba boi povoado Vilela 
Quadrilha  de humor taça na racha
quarta-feira, 21 de junho de 2017
A prefeitura de Zé Doca já arrecadou nos primeiros seis meses, mais de R$ 32.649.125,32 milhões de um município com pouco mais de 50.806 mil habitantes. 

O dinheiro, porém, ninguém sabe onde foi aplicado. As ruas continuam esburacadas e nem mesmo Escolas Municipais ainda não foram reformadas. 



Mais de 80 pessoas nos procuraram entre eles Professores, vigias e ASGs, nos repassaram que a maioria dos servidores do município de Zé Doca, os concursados está há seis meses sem seus proventos regularizados e os mesmos depositados em valores incorretos, descontos e diminuição abusiva por parte da gestão, fora as mudanças de locais, tipo transferências de locais de trabalho para o mais longínquo possível de suas residências.

Os Servidores Públicos, bem como os Trabalhadores da Iniciativa Privada, têm em comum uma história marcada por lutas frequentes em busca de melhores condições de trabalho e remuneração compatível com a atividade laboral que desenvolvem.

Todavia, na Administração Pública de Zé Doca temos um agravante, quando o Gestor (a) (via de regra estranho ao serviço público) busca artifícios para se impor, por Abuso de Poder, para defender o “PADRINHO” e/ou o PARTIDO POLÍTICO que o indicou para o Cargo Comissionado.

Nesses casos o servidor que “NÃO SE ALINHA”, que “NÃO COMPACTUA” com as ações desmedidas de politicagem do administrador público é sutilmente perseguido para que sirva de exemplo aos demais, com a intenção de silenciar a todos. Num sistema opressor estilo “manda quem pode e obedece quem tem juízo”.

Fonte:Naã Ramos

terça-feira, 20 de junho de 2017
A matéria publicada da escola Francisco Nano da maior e o erro grosseiro da prefeita sobre o arraial da cidade de Zé doca, por causa das fotos vinculado no programa do balanço geral de São Luís e republicado em Zé doca.

A prefeita ficou brava por causa da publicação na rede local por causa da má administração da prefeita Josinha Cunha que e parente do Deputado Josemar de Maranhãozinho.









 
Alunos da Escola Municipal de Francisco Nano, estão assistindo aulas sem conforto. Algumas turmas da instituição assistiram às aulas sentadas no chão e usando Tijolos e um pedaço de madeira para se apoia.

A falta de estrutura foi flagrada por imagens enviadas ao nosso blog na Unidade de Ensino Francisco Nano, Nas fotos, é possível ver os alunos no chão, e escorada com madeira e embaixo tijolos na sala durante a aula. 

“Essa situação mostra a falta de estrutura que está acontecendo em várias escolas da cidade, onde alguns professores estão até abrindo mão de suas mesas para servirem de cadeiras aos alunos”, o que esta acontecendo que a prefeita Josinha Cunha não resolve esse problema.

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Como ironia da ausência do numero 13 na numeração das barracas para o arraial de Zé doca. A prefeita não sabe contar, ou alguma coisa tem de errado nisso.

O blog apurou e verificou  que o numero 13 e do seu adversário Zé Costa do PT, hummmm isso e coisa pra rir em veja,

Veja as imagem abaixo que esta se espalhando rapidamente nas rede sociais o erro grosseiro da numeração das barracas do arraial de Zé Doca-MA.


Secretário de infraestrutura Fabrício de Souza Oliveira está fazendo serviço de recapeamento asfáltico na Rua da Glória, com o intuito de melhorar a trafegabilidade nas ruas que estão nos projetos de recapeamento asfáltico no Município de Raposa.

O Secretário Fabrício Souza de Oliveira está priorizando ruas intrafegáveis, falou ao titular do blog que fará as ruas como a Rua delegacia, Rua do mizinho, Travessa da lavanderia e a Rua do campo com a previsão de conclusão até o final de semana.

E nas próximas semanas dando continuidade às outras localidades para o recapeamento asfáltico no Município de Raposa.





Banggood a sua Loja

Nova União FM

Salmo do Dia

Facebook

Moeda

Bolsa de Valores

Publicidade:

Elo Internet