segunda-feira, 12 de março de 2018

O prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva, assinou na última sexta-feira (09), três ordens de serviço autorizando a imediata construção de três Unidades Básicas de Saúde (UBS) que foram sucateadas e totalmente destruídas na gestão anterior. A maratona em prol da saúde começou pela UBS do Parque Jair. O local, que possuía unidade própria entregue na primeira gestão de Luis Fernando, misteriosamente foi realocado para outro prédio com a promessa de ampliação, porém, além de não passar por uma única reforma, o prédio foi abandonado e sucateado.

Ao assinar a ordem de serviço, Luis Fernando lembrou do seu compromisso com a população e apontou como sendo prioridade a reconstrução do equipamento de saúde. "O Parque Jair tinha unidade própria e construída com recurso próprio. Hoje poderíamos estar entregando outra obra, mas o meu compromisso é com a população e por isso vamos voltar do zero e entregar um espaço digno para os moradores da região", afirmou o prefeito, ao lado do vice-prefeito, Eudes Sampaio e diversas autoridades

O presidente da Câmara Municipal, Beto das Vilas lembrou que embora o espaço não precisasse nem mesmo de pintura, o descaso da antiga administração levou o prédio a perder até a estrutura física em razão da falta de zelo. "Lembro com tristeza quando os problemas começaram, na gestão anterior. A unidade foi deslocada, sendo que o espaço não precisava de absolutamente nada, e hoje o que restou do prédio, foram as paredes praticamente desabando", lembrou.

A Unidade provisória, inaugura no ano passado pelo prefeito Luís Fernando, que atende cerca de 24 mil pessoas, deverá ter o número quase que duplicado, isso porque a nova UBS deverá oferecer ainda mais serviços e especialidades. "Além das consultas, exames e programas de saúde já oferecidos, estamos montando um quadro de especialidades para garantir daqui há seis meses, comodidade para os moradores de toda a região", antecipou o secretário de saúde, Tiago Fernandes.

Na ocasião, Luis Fernando visitou e assinou também autorização de serviços para a reconstrução das UBS da Matinha, igualmente abandonada e destruída. A unidade que funciona dentro do barracão do Boi, só foi deslocada na atual gestão quando ganhou sede provisória e finalmente agora caminha para sede própria, lembrou o vereador Cristiano.

"Triste lembrar que a população foi submetida a tamanho descaso, tendo atendimento dentro de um barracão", disse.

Já na Mata, localidade que também a atual administração precisou intervir em razão das péssimas condições de saúde oferecida a população, o prefeito falou da adequação emergencial já feita na unidade no ano passado e que agora a obra passa a ser definitiva. "A UBS ganha novo prédio e com isso aumenta o número de oferta de atendimento e consequentemente a população não vai mais precisar se deslocar", finalizou o prefeito.

União FM

Facebook

Brasileiro (A)

Carregando...
Brasileirão

Tempo

Receba Noticias