A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, decidi o pedido de habeas corpus para evitar a prisão do ex-presidente Lula na pauta da sessão plenária.