A prefeita de Amapá do Maranhão, Tatiana Maia de Oliveira, foi representada criminalmente por contratar “funcionários fantasmas”. A Representação foi protocolada por Maria Valmirna Ducarmo de Souza Magalhães no Ministério Público Estadual.

A ação narra que constam informações nos extratos do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física Exercício de 2018, ano calendário 2017, da existência de pessoas que estão recebendo sem trabalhar, o que comumente é chamado de “funcionário fantasma”.

A lista dos contratados é enorme Informe se.

José Feitosa da SilvaLavrador -  R$ 44.743,16
Lucidalva de Oliveira – Funcionaria do Banco Nordeste  - R$ 18.939,78
Quizanior de Oliveira Andrade – Residente Teresina R$ 10.865,88
Jarley Wydeen Costa Teixeira - RS 13.440,01
Rafael Amorim  - RS 9.000.00
Adaias Santos Pacheco - RS 6.631,70
Antônia Cristiana Soares Apolônio Andrade. RS 14.638,87
Ketiane Moura Bezerra -  RS 11.244,00 
Francisco Rosa das Chagas - RS 8.839,00 
Ricardo Rodrigues Lima - RS 9.388,74
Sinara Rodrigues Lima - RS 8.433,00
Welisangela Santos Vilela - RS 5.775,82 

São ou foram servidores públicos municipais daquela urbe, de janeiro de 2017 aos dias atuais, indicando, em caso positivo, cargo, forma e data de acesso, remuneração, lotação específica.

Abaixo esta publicação no diário Oficial, a denúncia contra A prefeita de Amapá do Maranhão Tatiana Maia de Oliveira.