A pesquisa foi encomendada pelo marido da prefeita Tatiane Maia de Oliveira e o resultado foi bastante constrangedor a ponto de ser ocultada ou engavetada como muitos preferem falar.

Ao ser indagado pelo titular do blog, aliado ligado a prefeita não desmentiu a informação, mas pediu que não tivesse seu nome exposto.

O aliado da prefeita relutou em divulgar as parciais afirmando que a pesquisa de sondagem realizada há cerca de três meses não teria sido sequer registrada, mas não escondeu a sua decepção com o crescimento de Nelene Gomes em relação ao cenário atual, pois a mesma continua se mantendo omissa politicamente, chegando inclusive a ser cobrada pelos seus próprios partidários. Daqui pra 2020, muita água vai rolar por debaixo desta ponte.

Tudo mentira! Não existe nada contra o Dr. Osmar Gomes que sempre honrou a toga e dignificou o Poder Judiciário. Sempre foi e continua sendo um dos juízes mais operosos do Estado, correto e célere.

O Titular do Blog entrou em contato o magistrado este informou que todas as providências estão sendo adotadas e que os detratores, que já são conhecidos, serão responsabilizados civil e criminalmente.


Certidão comprova que não existe, e nunca existia qualquer investigação contra o Magistrado.


A Marinha do Brasil, por meio do Centro de Hidrografia da Marinha (CHM), participa que poderão ser observados ventos fortes de direção Leste a Sudeste até 60 km/h (33 nós) entre o litoral do Rio Grande do Norte, ao norte de Touros (RN) e o litoral do Maranhão até São Luís (MA), entre o dia 21 à noite e o dia 22 à noite.
A Marinha do Brasil mantém todos os avisos de mau tempo em vigor no endereço eletrônico (veja aqui) . Adicionalmente, as informações meteorológicas podem ser visualizadas na página do Serviço Meteorológico Marinho no Facebook, no link: https://www.facebook.com/servicometeorologicom/, e por meio do aplicativo “Boletim ao Mar”, disponível para download na internet, tanto para o sistema Android quanto para iOS, desenvolvido em parceria entre a Marinha do Brasil e o Instituto Rumo ao Mar (RUMAR). Alerta-se aos navegantes que consultem essas informações antes de se fazerem ao mar e solicita-se ampla divulgação às comunidades de pesca e esporte e recreio.
O Titular do blog Joceilton Gomes está sendo ameaçado de morte, a exemplo de Décio Sá, querem calar mais um blogueiro maranhense na base da violência, Lamentável!
De acordo com o ouvir em áudio publicado no grupo “AMAPÁ POLITICA”   marido de vereadora Arlete Pacheco (MDB) Jairon Amorim Teixeira e o Secretário adjunto de assistência social, Rogério Marques de Oliveira, me prometem dá cinquenta facadas no meu bucho quando eu chegar em Amapá do Maranhão, sou radialista e blogueiro e mantenho um blog que tem como principal editoria policia e politica, pessoas que estão sendo beneficiadas pela gestão da prefeita de Amapá do Maranhão, Tate do Ademar (PSDB) estão “Surtando em Vida”.



Ocorre que nos últimos dias o blog vem fazendo fortes denúncias contra pessoas ligadas a uma das gestões mais corruptos que já se viu em Amapá do Maranhão.
O titular do blog foi ameaçado de morte por pessoas ligadas a administração no afã de fazer com que as denúncias não sejam publicadas chegam ao ponto extremo de me ameaçar de morte. De posse das provas contundentes e irrefutáveis, eu Joceilton Gomes, procurei às vias legais e estou tomando as devidas providências.
No Maranhão é cada vez mais difícil exercer a profissão de jornalista. Políticos corruptos querem agir livremente sem ninguém para apontar e levar a público os desmandos de suas respectivas administrações.
Como jornalistas e formadores de opinião precisamos ser uma ponte sólida em que as pessoas confiem em atravessar. Precisamos continuar sendo o principal elo entre a comunidade e os poderes, que assim como nós acreditam em uma sociedade mais justa e igualitária.
Mas não é assim que pensam os corruptos, querem calar a todo preço, na base do tiro.

o Titular do Blog registrou um Boletim de Ocorrência 

É de conhecimento de cidadões amapaense um elemento muito conhecido e muito pucha saco da prefeita Tatiane Maia de Oliveira, ele que é conhecido por se oferecer e bajular todos prefeitos do Maranhão, Rafael amorim recebe um salário mínimo da prefeitura de Amapá a função de cargo dele é babá a prefeita Tate do Ademar em grupos de WhatsApp, cargo esse que não existe em lei de contratação em nenhum lugar do mundo, esse individuo não tem moral para defender uma administração desgatada, Rafael Amorim é de Cândido Mendes,


O titular do blog recebeu com exclusividade uma nomeação de Rafael Amorim, que nunca assinou um ponto e recebe a mais de 2 anos pela prefeitura, ele responde processo judicial por ser suspeito de ser fantasma na prefeitura de Amapá do Maranhão.

Servidor "fantasma" e a tipicidade penal
Diversos casos foram apresentados ao Centro de Apoio nos primeiros meses do ano de 2017 sobre a capitulação jurídica da conduta praticada pela figura do funcionário público, comumente chamado de “fantasma”.

Concluiu-se que aquele que, na condição de servidor público, recebe remuneração sem, efetivamente, exercer as respectivas atividades, incide no crime de peculato, capitulado no art. 312 do Código Penal.

Trata-se de delito funcional, que se consuma no momento em que o funcionário público se apropria do dinheiro, valor ou outro bem móvel, público ou particular, de que tem a posse em razão do cargo. Salienta-se, ainda, que e tipicidade penal atingirá não somente o funcionário “fantasma” mas também aquele que o nomear (desde que ciente da situação).

Noutro sentido, conforme destaca a doutrina, na hipótese em que o agente, funcionário público, não tenha a posse do bem em razão de seu ofício, responderá pelo delito de apropriação indébita, previsto no art. 168, do Código Penal.

Acompanhe o Processo no Ministério publico sobre Funcionário Fantasma em Amapá do Maranhão
É de conhecimento da população de Amapá do Maranhão, o único posto de atendimento do Correios no município, deixou de entregar encomendas por conta da gestão Tate do Ademar, consumidores tem comido o pão que o diabo amassou com essa situação, aliados da prefeita Tate do Ademar dizem todas as palavras, “quem quiser receber suas encomendas terá que se deslocar até o município vizinho Carutapera-MA”, tudo isso por que a prefeita se nega em contratar um funcionário para que possa efetuar as entregas do posto de atendimento dos Correios da cidade, em todas rodas de conversas a queimação é forte, moradores já insinuaram em fazer protesto em frente o posto de atendimentos dos Correios, de acordo com informações é que o contrato venceu há algum tempo, mais a prefeitura tem empurrado com a barriga para não renovar e nem contratar funcionários.

Breve mais informações dessa situação.
A prefeita de Amapá do maranhão, Tate do Ademar, pode ser multada diariamente por não cumpri a lei da informação, o valor varia entre R$4 mil  a 50 mil por não ter publicado no site da prefeitura os dados e valores relativos às despesas com pessoal no exercício de 2019, descumprindo as diretrizes da Lei de Acesso à Informação. A decisão foi proferida na tarde desta quarta-feira (12/09) pelo Tribunal de Contas do Estado. O conselheiro relator, destacou que a publicidade dos atos provenientes da Administração Pública visa garantir o direito à informação e propicia um maior conhecimento e controle da gestão da coisa pública pelos interessados diretos e pela população, em geral.
O Ministério Público de Contas, em seu pronunciamento, destacou que “os valores pagos individualmente não estão destrinchados, visto que somente é possível encontrar o empenho de algumas pessoas físicas e do valor total da folha mensal, mas não existe a pormenorização dos valores pagos a cada cargo, efetivos ou não”, motivo pelo qual também opinou pela procedência do termo de ocorrência.

Cabe recurso da decisão.


Na audiência pública desta segunda-feira (10), na Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão, convocada pelo deputado Duarte Jr, para discutir o impacto da retirada dos cobradores dos ônibus de São Luís, foram apresentados motivos para que a medida seja imediatamente suspensa pela Justiça, como a nítida necessidade da informatização do sistema de passagens no transporte público da capital maranhense, o impacto maior que a medida irá causar para as pessoas com deficiência, sobrecarga aos motoristas, desemprego em massa e prejuízo à mobilidade urbana.

Só em São Luís, há cerca de 253.621 pessoas com deficiência, “cerca de 13,5% dos usuários do transporte público em uma das cidades com pior acessibilidade do país”, informa Isabelle Passinho, advogada e ativista dos direitos da pessoa com deficiência que integrou a mesa de debates da audiência, com dados do IBGE. “A pessoa com deficiência é auxiliada pelo cobrador, que aciona os elevadores, que na maioria das vezes nem funciona. Esse serviço vai ficar ainda mais precário”, observou Passinho.

Paulo Júnior, cadeirante e usuário do transporte público presente na audiência, reforçou: “A retirada vai gerar impactos maiores para nós. É um retrocesso, é inadmissível”, disse Júnior, que pega ônibus todo dia às 17h para chegar à faculdade duas horas depois, “na espera de um ônibus com elevador que funcione”.

Para os rodoviários, haverá uma sobrecarga e uma precarização ainda maior da rotina de trabalho. Luís Câmara, rodoviário há 33 anos, assegura que agora os motoristas terão mais pressão, além das preocupações do trânsito. “Porque a gente dirige pela gente e pelos outros. Mas quando a gente olha pra trás, a gente tem um parceiro que auxilia, que é o cobrador, então já é mais uma preocupação pro motorista, você dirigir, cobrar, passar troco e ficar de olho nos retrovisores e nas portas”, lamenta Câmara.

Informatização do sistema

Os participantes concordaram que é primordial, antes da retirada dos cobradores, um processo adequado de informatização do sistema de passagens no transporte público de São Luís. Diante da questão, o deputado Duarte Jr já havia protocolado, através do Ibedec (Instituto Brasileiro de Estudo e Defesa das Relações de Consumo), uma ação civil pública pedindo a suspensão imediata da decisão de retirar os cobradores e a informatização do sistema de passagens. “Propus que em São Luís aconteça o mesmo processo de Curitiba, a informatização do sistema de passagens, com a introdução de cartão magnético para todos os passageiros”, informou o deputado. Segundo o parlamentar, “a cidade é exemplo a ser seguido, pois, além da modernização, nenhum cobrador ficou desempregado. Pelo contrário, foram capacitados e treinados para desempenhar novas funções”. Duarte acrescenta que a medida também fere a legislação trabalhista.


Foto/Divulgação: Isaías Castelo Branco, presidente do Sindicato dos Rodoviários, é ouvido pelos presentes na audiência pública
Além da precarização de um serviço público essencial e um direito social, previsto no artigo 6º da Constituição, a falha com relação à venda de créditos eletrônicos também contraria os artigos 14 e 20 do Código de Defesa do Consumidor. Para Marcos Lima, chefe do jurídico do Procon, serão necessárias ações de melhoria no sistema de transporte público além da informatização.

“É preciso racionalizar as linhas, instalar melhores estruturas nas paradas, pontos de venda de crédito eletrônico pulverizados nos bairros, com aproveitamento dos cobradores pra atuar nestes postos”, avalia Lima.

O defensor público Marcos Fróes, do Núcleo de Defesa do Consumidor da Defensoria Pública, relatou o caso de uma cobradora em pé num ônibus, na área antes reservada para seu posto de trabalho, já sem a cadeira, orientando um motorista em treinamento para atuar na ausência da profissional. Para ele, além dos cobradores estarem correndo o risco do desemprego, a mudança pode causar mais vítimas. “Não acredito que o transporte público de São Luís esteja preparado para funcionar sem cobradores. Os hipossuficientes, os moradores das periferias, são os que mais vão sofrer com essa mudança”, avalia o defensor.

A diretora do Ibedec, Ana Brandão, informa que a demissão de 20% dos 2.500 cobradores, conforme anunciado pelo SET, precisa de soluções coletivas com resultados também coletivos. “Temos que buscar soluções. Nos países de primeiro mundo há investimento em transporte. Na cidade, o que tem que funcionar é o serviço público para todos”, declarou Brandão.

Duarte Jr também destacou a necessidade de uma visão coletiva na busca de soluções. “Quem toma as decisões não anda de ônibus. Não sabem as dificuldades da população. Discutir o transporte é algo complexo, é preciso ter visão coletiva. É preciso melhorar muitos aspectos, como as paradas e tornar as calçadas acessíveis”, disse o deputado que, quando foi presidente do Procon, esteve à frente de uma ação que retirou de circulação ônibus que estavam há 15 e até 18 anos em atividade.

Precarização de direitos e possíveis soluções

Isaías Castelo Branco, presidente do Sindicato de Trabalhadores em Transporte Rodoviários do Maranhão (Sttrema), revela que, em agosto de 2018, o SET já havia proposto a retirada não de 20%, mas de 100% dos cobradores. “A reforma trabalhista foi danosa para a nossa categoria, os empresários querem a terceirização. Até dezembro ocorreram negociações. Estamos preocupados com a jornada intermitente e com a terceirização. Infelizmente, a reforma trabalhista torna o sindicato inviabilizado para a luta”, afirmou Isaías.

O deputado Duarte Jr informa que, até agosto, deve ocorrer audiência judicial com a Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís. Dentre as possíveis soluções para o problema, figuram o estabelecimento de medidas para abrandar os efeitos da retirada dos cobradores. Além disso, será solicitado um planejamento para a modernização eficiente do sistema de passagens, um cronograma da retirada e o reaproveitamento dos trabalhadores em outras funções. Estas questões trabalhistas ainda não chegaram ao Ministério Público do Trabalho (MPT), segundo o procurador Luciano Aragão.

“A demanda não chegou ao MPT, não foi feito nenhum pedido de mediação ao órgão”, informa Aragão, que esclarece que o transporte público é atividade de natureza pública, não privada, portanto, sujeito a regras de interesse coletivo. “Deve passar por um processo licitatório e está sujeito a regularidade, eficiência, segurança e modicidade das tarifas. É direito do consumidor receber um serviço adequado. A demissão dos cobradores atende ao interesse público?” O procurador acrescenta que o acúmulo de funções pelo motorista é incompatível com a garantia de qualidade e segurança no trabalho exigida pela lei. “Esse acúmulo de funções, somado à mobilidade urbana precária da cidade, vai afetar ainda mais o que já é considerado trabalho de risco pela corte superior trabalhista”, conclui.
Os jurados do 1° Tribunal do Júri de São Luís absolveram nesta quarta-feira (12) Eliezer da Cunha Reis pela tentativa de feminicídio contra Weslayne Maiane Corrêa, que sobreviveu após receber um tiro na cabeça após ser sequestrada e mantida em cárcere privado em um motel de São Luís em abril de 2018.

A sentença também revogou a prisão de Eliézer, que continuava preso preventivamente desde a época do crime. O réu foi condenado a três anos de prisão apenas em relação ao cárcere privado, mas pode cumprir a pena em regime aberto e recorrer em liberdade.

A sessão de julgamento em Júri Popular foi presidida pelo juiz Osmar Gomes dos Santos. Após a sentença, o Ministério Público recorreu da decisão dos jurados por entender que foi contrária à prova dos autos.

O crime
No dia 5 de abril de 2018, Eliézer armou um plano, sequestrou Weslayne e a levou para um motel do Bairro de Fátima, em São Luís. Mesmo após horas de negociação com polícia, ele atirou na cabeça da refém. O crime aconteceu porque Eliézer não aceitava o fim do relacionamento de quatro anos com Weslayne.

Após o caso, Weslayne conseguiu sobreviver após ser internada em estado grave no Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I) e passar por cirurgia para retirada de balas alojadas na cabeça e no rosto. Eliézer foi preso e, em novembro de 2018, a Justiça decidiu pelo Júri Popular do caso.

A situação em Amapá do Maranhão não se resume somente ao descaso da gestão Tate do Ademar com as ruas públicas, na verdade os problemas vão muito além do que os olhos humanos poderia enxergar.

Mas pra resumir como os problemas se generalizaram na pequena cidade, basta verificar como andam escassos os serviços básicos.

Nesta semana, estudantes da rede pública de ensino registraram o momento em que um ônibus escolar atolou em uma rua abandonada pela prefeita, ao fundo do a foto pode-se verificar os risos misturados com a revolta pelo ocorrido e que comprova mais uma vez que, Amapá do Maranhão infelizmente se encontra em "maus lençóis".
De acordo com o que se comenta nos corredores da Prefeitura Municipal de Amapá do Maranhão, Tate do Ademar (39 anos) vem demonstrando diariamente que não irá concorrer ao processo eleitoral em 2020.

Segundo fontes próximas à prefeita, a gestora tem encontrado oposição dentro do próprio corpo de governo, e a situação tem se agravado com o abandono em que se encontra a cidade atualmente, servidores sem a devida valorização, ruas e patrimônios públicos em completo abandono resumem a principal imagem do que tem se transformado a cidade.

Pelas ruas de Amapá do Maranhão o discurso é o mesmo, de decepção com a atual gestão, os únicos que ainda se arriscam em defender a prefeita Tate do Ademar nos grupos de WhatsApp, são os chamados "babões de aluguel", ou seja comissionados que precisam defender pela frente para não perder o sustento da família.

É esperar para ver, pois, daqui para o processo eleitoral, muitas águas ainda deverão rolar debaixo dessa ponte administrativa.
O Titular do blog apurou informações verídicas de que comerciantes e açougueiros já pensam em subir o valor dos seus produtos e da carne por motivo dos tributos abusivos gerado pela Prefeita Tate do Ademar, o titular do blog tentou entrar em contato com o presidente da Câmara Renato Araújo pra saber sua posição do caso e as medidas corretas para serem tomadas e defender o comerciante e os consumidores que também devem pagar pelo pato, mais o mesmo não se manifestou e nem respondeu minhas mensagens e muito menos atendeu meus telefonemas, me deixando a entender que ele e os demais vereadores que se dizem “oposição” não estão um pouco preocupado com o empreendedor e consumidor de Amapá do Maranhão, assim deixando a prefeita afundar a cidade e não defender o povo, que é o papel de um parlamentar independente de lado partidário, assim não resta dúvida que estão comendo calado. cadê aqueles vereadores que brigavam pelo povo? 

mais informações deste caso brevemente

ouçam o áudio e tire suas conclusões

Nesta semana não há outro assunto comentado na cidade, enquanto a prefeita de Amapá do Maranhão vai empurrando com a barriga a pior gestão municipal que o município já teve, implantou agora nesses dias o aumento abusivo no alvará de funcionamento, de acordo com informações preliminares onde ninguém escapou da mão pesada da gestão Tate do Ademar, nem os lava jatos, barbearias e açougueiros e até vendedores ambulantes vão ter que pagar 5% da sua renda mensal, o que é mais absurdo é que os açougueiros terão que pagar tributos abusivos se nem se quer um matadouro o município tem, aliás, tinha mais a prefeita Tate do Ademar com toda sua incompetência destruiu, de acordo com informações apuradas pelo blog o marido da prefeita, Ademar tem sorrido a toa no município, ele tem falado fora das quatro paredes que já encomendou junto a Toyota uma Hilux 0Km, e será paga apenas com os 600% de tributo abusivo cobrado aos comerciantes de Amapá do Maranhão, os tributos foram aumentando de R$50,00 reais mensais para R$360,00 de acordo com os cálculos são mais 600% de aumento, outros alegam que já pagaram mais de R$600,00, o blog se pergunta de onde foi contabilizado esse aumento?

O blog entrou em contato com alguns comerciantes, comerciantes disseram”se formos obrigado a pagar, iremos pagar, mais iremos, dá o troco em 2020.”

O blog vai apurar mais de perto a situação e em breve mais informações sobre o caso.
Prefeita de Cajari com o dinheiro publico na mão, e vereadora Ana Clara são vaiadas pela população, no povoado Ladeira em Cajari, que gritava “O que faz aqui ”. Vão procurar fazer e asfaltar estradas e colocar merenda nas escolas e ajeitar as escolas que estão desabando em cima de crianças.

Foi um verdadeiro vexame, a prefeita e a vereadora que não sabiam onde colocavam a suas caras. 

Sem nenhuma cerimônia e pensando que iria conseguir driblar a lei, de onde vem esse dinheiro que a própria prefeita pagou em espécie, não foi feito licitação nenhuma, para esse evento.

A população de Cajari que uma resposta e onde ela está desviando esse dinheiro, para fazer essas irregularidades, atenção mistério publico, já foi feito varias denuncias e nada foi feito contra essa prefeita, que vem fazendo na maior descarado varias irregularidade e o ministério publico não toma as devidas providências
O Ministério Público do Maranhão (MPMA) ajuizou uma denunciou a ex-prefeita do município de Bom Jardim, Malrinete dos Santos Matos, conhecida como Malrinete Gralhada e outras seis pessoas por praticar fraudes em licitações, associação criminosa e falsidade ideológica.

De acordo com a Promotoria de Justiça de Bom Jardim, as irregularidades praticadas pelos usuários teriam gerado um desvio de mais de R$ 13 milhões aos cofres públicos. Além disso, o MP constatou que desse total desviado, R$ 3,4 milhões eram referentes às contratações sem licitações, outros R$ 3,2 milhões destinados a empresa Contrex e R$ 6,5 milhões foram depositados para a empresa Piaza & Cia. As empresas eram contratadas sem licitação, sendo beneficiadas por conta do esquema criminoso.

O Ministério Público do Maranhão (MPMA) ajuizou uma denunciou a ex-prefeita do município de Bom Jardim, Malrinete dos Santos Matos, conhecida como Malrinete Gralhada e outras seis pessoas por praticar fraudes em licitações, associação criminosa e falsidade ideológica.

De acordo com a Promotoria de Justiça de Bom Jardim, as irregularidades praticadas pelos usuários teriam gerado um desvio de mais de R$ 13 milhões aos cofres públicos. Além disso, o MP constatou que desse total desviado, R$ 3,4 milhões eram referentes às contratações sem licitações, outros R$ 3,2 milhões destinados a empresa Contrex e R$ 6,5 milhões foram depositados para a empresa Piaza & Cia. As empresas eram contratadas sem licitação, sendo beneficiadas por conta do esquema criminoso.

Contato

Joceilton Gomes, Radialista DRT 002235 , Locutor,Apresentador e Animador, Programador, Designer Gráfico

Pesquisar este blog

Elo Internet

Elo Internet

Aquivos