terça-feira, 3 de setembro de 2019

Marieuton da Silva Ferreira Exercia dois cargos comissionados até ontem, um na Casa Civil do Governo do Estado, onde trabalhava dois expedientes, como Assessor especial e outro na prefeitura de Cajari, onde exercia o cargo de coordenador técnico, nível III e recebia sem trabalhar, porque é humanamente impossível um ser humano trabalhar 8 horas em São Luís e no mesmo dia trabalhar 8 horas em outro município distante 204 quilômetros entre um e outro.

Seria o seguinte: Trabalharia das 8 às 18 h em São Luís, com duas horas de intervalo para almoço, pegaria seu carro, viajava 3 horas até Cajari, chegaria lá tipo 21 horas (nove da noite) pegava serviço na prefeitura (sabe lá onde) e trabalhava mais oito horas, ou seja até 5 da manhã, sem intervalo para descanso ou dormir. 

Sairia 05hrs da manhã de Cajari e chegaria 08hrs da manhã em São Luís. Tudo isso sem dormir um único segundo. 

NA VERDADE EM CAJARI, MARIEUTON recebia sem dar um prego numa barra de sabão. CONCLUSÃO: A prefeita de Cajari, CAMILA JANSEN e MARIEUTON DA SILVA FERREIRA cometeram atos de Improbidade Administrativa.

Atenção Ministério Público, por várias irregularidades denunciadas pelo Titular deste blog, até o momento nada foi feito contra a prefeita Camyla Jansen.

Ainda mais, o Marieuton da Silva Ferreira, trabalha em São Luís. Como pode trabalhar ao mesmo tempo durante 8 horas em Cajari/MA.

Isso não é improbidade administrativa?.


----------------------------------------------------------------------------------------------------------


----------------------------------------------------------------------------------------------------------------




Banggood a sua Loja

Nova União FM

Salmo do Dia

Facebook

Moeda

Bolsa de Valores

Publicidade:

Elo Internet