quinta-feira, 12 de março de 2020
Em 2016 a insossa professora Tatiane Maia de Oliveira foi ventilada como candidata a prefeita juntando ao redor pessoas interessadas em tirar a cidade de Amapá do Maranhão do controle de Milton Lemos. Surgindo como a “esperança perdida” Tate do Ademar supera todas a expectativas eleitorais e obtêm a segunda maior diferença da histórica política daquela cidade – mais de 600 votos de diferença sob a então derrotada Aline Lacerda.

Nascia assim a esperança dos mais pobres de Amapá do Maranhão de terem um “governo popular”, porém iniciada a gestão os aliados que deram a vitória a “salvadora de Amapá” foram um a um excluídos do governo pela corja de secretários da prefeita eleita, principalmente por seu marido Ademar que nunca fez empenho em ser simpático com ninguém.

Ademar com fama de antipático e mandão, passou a ser mestre na arte de estragar, ainda mais, a política de sua mulher. Causando brigas internas no grupo, afastando os vereadores da base e agindo com arrogância com a população age livremente na secretária de chefe gabinete, que aliás é ocupada por ele.

Os poucos gatos pingados que restaram no grupo da ainda prefeita, estão sob os pés de Ademar aguentando seus “ataques de pelanca” para conservar o pouco que tem. Abrindo margem para um nome surja e deixe a prefeita sumir sozinha no buraco que ela mesmo cavou.

Traindo o próprio grupo e deixando o controle até do tempo no vaso nas mãos dos outros, Tate do Ademar passou a ser chamada de “canoa” e “pau mandada”. Frustando a esperança dos que nela confiaram. Além de não ter conseguindo nenhuma grande adesão política ao seu grupo, ainda amargou a vergonha de perder a presidência da Câmara Municipal por duas vezes, que lhe deixou literalmente num mato sem cachorro sendo ainda afastada da prefeitura por 15 dias por maioria do parlamento municipal.

Chegado 2020, tenta a “ex-professora Tate” salvar sua reeleição diante de uma imensa rejeição. Lembrando ainda que em governo péssimo a traição dos aliados é dada como certa.

Resta agora esperar o abrir das urnas, mas o certo é que na maioria das casas de Amapá do Maranhão Tate do Ademar vai receber apenas “porta na venta”.

Banggood a sua Loja

Nova União FM

Salmo do Dia

Facebook

Moeda

Bolsa de Valores

Publicidade:

Elo Internet